Capítulo Anterior

Sumário

Capítulo 2


6 GRÁFICOS

A construção de gráficos no MATLAB é mais uma das facilidades do sistema. Através de comandos simples pode-se obter gráficos bidimensionais ou tridimensionais com qualquer tipo de escala e coordenada. Existe no MATLAB uma vasta biblioteca de comandos gráficos.

 

6.1 Gráficos Bidimensionais

Estes são os comandos para plotar gráficos bidimensionais:

plot Plotar linear.
loglog Plotar em escala loglog.
semilogx Plotar em semilog.
semilogy Plotar em semilog.
fill Desenhar polígono 2D.
polar Plotar em coordenada polar.
bar Gráfico de barras.
stem Seqüência discreta.
stairs Plotar em degrau.
errorbar Plotar erro.
hist Plotar histograma.
rose Plotar histograma em ângulo.
compass Plotar em forma de bússola.
feather Plotar em forma de pena.
fplot Plotar função.
comet Plotar com trajetória de cometa.

Se Y é um vetor, plot(Y) produz um gráfico linear dos elementos de Y versos o índice dos elementos de Y. Por exemplo, para plotar os números [0.0, 0.48, 0.84, 1.0, 0.91, 0.6, 0,14], entre com o vetor e execute o comando plot:

>> Y = [0.0, 0.48, 0.84, 1.0, 0.91, 0.6, 0,14];
>> plot(Y)

e o resultado é mostrado na Janela Gráfica:

Se X e Y são vetores com dimensões iguais, o comando plot(X,Y) produz um gráfico bidimensional dos elementos de X versos os elementos de Y, por exemplo

>> t = 0:0.05:4*pi;
>> y = sin(t);
>> plot(t,y)

resulta em

O MATLAB pode também plotar múltiplas linhas e apenas um gráfico. Existem duas maneiras, a primeira é usado apenas dois argumentos, como em plot(X,Y), onde X e/ou Y são matrizes. Então:

A segunda, e mais fácil, maneira de plotar gráficos com múltiplas linhas é usando o comando plot com múltiplos argumentos. Por exemplo:

>> plot(t, sin(t), t, cos(t), t, sin(t + pi), t, cos(t + pi))

 

6.2 Estilos de Linha e Símbolo

Os tipos de linhas, símbolos e cores usados para plotar gráficos podem ser controlados se os padrões não são satisfatórios. Por exemplo,

>> X = 0:0.05:1;
>> subplot(l2l), plot(X,X.^2,’k*’)
>> subplot(l22), plot(X,X.^2,’k --‘)

Outros tipos de linhas, pontos e cores também podem ser usados:

TIPO DE LINHA

_

_______________

--

--------------------

-.

-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.

.

..............................


TIPO DE PONTO

.

.......................

*

* * * * * * * *

°

° ° °° ° ° ° ° ° °

+

++++++++++

x

xx x x x x x x

 

CORES

y

amarelo

m

lilás

c

azul claro

r

vermelho

g

verde

b

azul escuro

w

branco

k

preto

 

6.3 Números Complexos

Quando os argumentos para plotar são complexos, a parte imaginária é ignorada, exceto quando é dado simplesmente um argumento complexo. Para este caso especial é plotada a parte real versos a parte imaginária. Então, plot(Z), quando Z é um vetor complexo, é equivalente a plot(real(Z),imag(Z)).

 

6.4 Escala Logarítmica, Coordenada Polar e Gráfico de Barras

O uso de loglog, semilogx, semilogy e polar é idêntico ao uso de plot. Estes comandos são usados para plotar gráficos em diferentes coordenadas e escalas:

O comando bar(X) mostra um gráfico de barras dos elementos do vetor X, e não aceita múltiplos argumentos.

 

6.5 Plotando Gráficos Tridimensionais e Contornos

Estes são alguns comandos para plotar gráficos tridimensionais e contornos.

Plot3 Plotar em espaço 3D.
fill3 Desenhar polígono 3D.
comet3 Plotar em 3D com trajetória de cometa.
contour Plotar contorno 2D.
contour3 Plotar contorno 3D.
clabel Plotar contorno com valores.
quiver Plotar gradiente.
mesh Plotar malha 3D.
meshc Combinação mesh/contour.
surf Plotar superfície 3D.
surfc Combinação surf/contour.
surfil Plotar superfície 3D com iluminação.
slice Plot visualização volumétrica.
cylinder Gerar cilindro.
sphere Gerar esfera.

O comando mesh(X,Y,Z) cria uma perspectiva tridimensional plotando os elementos da matriz Z em relação ao plano definindo pelas matrizes X e Y. Por exemplo,

>> [X,Y] = meshdom(-2:.2:2, -2:.2:2);
>> Z = X.* exp(-X..^2 - Y.^2);
>> mesh(X,Y,Z)

e o comando contour(Z,10) mostra a projeção da superfície acima no plano xy com 10 iso-linhas:

 

6.6 Anotações no Gráfico

O MATLAB possui comandos de fácil utilização para adicionar informações em um gráfico:

title Título do gráfico.
xlabel Título do eixo-X.
ylabel Título do eixo-Y.
zlabel Título do eixo-Z.
text Inserir anotação no gráfico.
gtext Inserir anotação com o "mouse".
grid Linhas de grade.

  Por exemplo:

>> fplot(‘sin’, [-pi pi])
>> title(‘Gráfico da função f(x)=seno(x), -pi<x<pi’)
>> xlabel(‘x’)
>> ylabel(‘f(x)’)
>> grid


Capítulo Anterior

Sumário

Capítulo 2


Dúvidas ou sugestões, envie um e-mail para pet@del.ufms.br